1-Crescimentonas-vendas-do-comércio

Dia dos Pais traz alívio às lojas, mas problemas da pandemia persistem

O Dia dos Pais parece ter levado algum alívio às lojas. Nabil Sahyoun, presidente da Alshop (Associação Brasileira de Lojistas de Shopping), diz que os números oficiais da entidade sobre as vendas para a data saem nesta semana, mas o resultado, se comparado com o ano passado, no meio da crise, deve alcançar um crescimento de ao menos 20%.

“A aceleração das vacinas tem ajudado a aumentar as visitas ao shopping. Temos uma demanda reprimida por tanto tempo que as pessoas ficarem dentro de casa, e a semana do Dia dos Pais, com certeza, trouxe bons resultados”, afirma.

Para Sahyoun, apesar do avanço do comércio eletrônico no último ano, a cultura de consumir em shopping vai voltar à atividade normal, porque o número de frequentadores tem subido gradualmente nas últimas semanas. A volta da operação presencial nos escritórios vizinhos aos shoppings deve impulsionar o fluxo na hora do almoço.

“Acreditamos que, no último trimestre do ano, vamos estar com 80% a 90% da capacidade que tínhamos antes da pandemia”, diz o presidente da Alshop.

Fernando Kherlakian, da rede de moda Khelf, diz que foi um bom sábado (7) de vendas para o Dia dos Pais. “Mas o rastro dos problemas causados pela pandemia ainda é muito presente”, diz.

Nos restaurantes, o aquecimento é menor do que no Dia das Mães, que é a segunda melhor data do ano depois do Dia dos Namorados, segundo Paulo Solmucci, presidente da Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes). “O Dia dos Pais eleva o movimento dos restaurantes em 30% a 50%”, afirma.

(fonte: O Tempo)

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *