presente

Dia das crianças: o que deve movimentar o comércio eletrônico

As expectativas em torno das vendas para o Dia das Crianças são positivas no universo on-line. Com base nos dados coletados pela Social Miner, plataforma de automação para aumentar conversões, que entrevistou cerca de mil consumidores de todas as regiões do Brasil, sendo que 47,6% estão localizadas no Sudeste, a data não deve passar em branco.

Em 2018, o evento promoveu crescimento de 5% em relação ao ano anterior, representando uma receita de R$1,82 bilhões para as lojas virtuais, de acordo com dados da Ebit|Nielsen.

VAI TER PRESENTE?

Ao que parece, a criançada já pode comemorar. Isso porque 58,1% dos consumidores afirmaram que pretendem ir às compras, enquanto outros 14,2% ainda estão indecisos. Ou seja, apenas 27,7% não pretendem ir atrás de presentes.

Outros 27,7% de consumidores dizem não ter intenção de comprar na data. Desse total, quando questionados sobre possíveis promoções – 76,3% realmente não pretendem mudar de ideia. Entretanto, preços competitivos e promoções relevantes, ainda podem fazer a cabeça de 28,6% dos entrevistados que poderiam cair em tentação e acabar comprando um mimo.

As ofertas, inclusive, são quase unanimidade entre os consumidores. Quando questionados sobre o que faria com que escolhessem uma loja em relação à outra, aqueles que estão realizando pesquisas para a data ou que estão, pelo menos, na dúvida apontaram o “preço” e as “promoções” como os fatores mais relevantes na decisão de compra.

A busca por boas ofertas já começou para 42,1% dos consumidores. O restante (57,9%) ainda não pensa na data. Dos consumidores que ainda não estão pesquisando por ofertas, 25,2% afirmaram que devem começar em breve e 43,9% devem ir atrás dos presentes com pelo menos 15 dias de antecedência.

MAS NÃO É SÓ ISSO…

Outros itens relacionados a experiência do consumidor também pesam nessa decisão. Em alguns casos, a batalha de preços pode perder espaço para itens, como a “facilidade no pagamento” e “atendimento” . Essas vantagens competitivas foram destacadas como relevantes por 34,5% e 26,5% dos entrevistados da pesquisa, respectivamente.

ONDE DISPONIBILIZAR OFERTAS

Sites de busca como Google e Bing são os meios favoritos na busca por ofertas (56,5%). Portanto, é importante focar nas palavras-chave que estão em alta nesse período e otimizar conteúdos para alinhar posicionamento da marca nos resultados de pesquisa.

Para quem tem um público fiel é bem provável que ele vá buscar por ofertas diretamente no seu e-commerce (41,4%) ou nas redes sociais (34,8%). Esses espaços são uma vitrine da sua marca, portanto seja acessível e atraente.

CATEGORIAS

Os brinquedos são — como já era de se esperar — a categoria favorita do público para o Dia das Crianças. A categoria de Multivarejo, que inclui “brinquedos”, aumentou suas vendas em 1,1% durante o evento.

No entanto, parece que os baixinhos também devem ganhar roupas, calçados e acessórios, jogos e artigos eletrônicos, além de itens de bebês e livros — boa notícia para o setor de Livraria, que no ano passado sofreu uma queda de 3,19% nas vendas no período.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *